Área reservada

Sobre A Associação

ADVOGADO POLÍTICO APANHADO NO CRIME

SUSPEITAS «APANHADO PELA JUDICIARIA EM REDE DE EXTORSÃO E TENTATIVA DE RAPTO

ADVOGADO POLÍTICO APANHADO NO CRIME

Advogado passa da política ao crime

Prisão de Fernando Simões, respeitado líder do PS de Alvaiázere mais de dez anos, deixa população em choque

HELENA SILVA/HENRIQUE MACHADO/MAGALI PINTO TEXTOS RUI MIGUEL PEDROSA FOTOS

A prisão de Fernando Jesus Simões, 58 anos, por cumplicidade na extorsão e tentativa de rapto de um cliente, deixou em choque a população de Alvaiázere, Leiria. O caso era ontem comentado pela freguesia onde o advogado e ex-vereador do PS, antigo provedor da Santa Casa da Misericórdia, até é conhecido como “uma pessoa íntegra” Mas alguns habitantes admitem ao CM ter ouvido falar recentemente de problemas financeiros relacionados com uma empresa de viagens que o advogado teria e que terá corrido mal. E a justificação que encontram para, caso se confirme, ter pactuado com um esquema de extorsão de 600 mil euros a um cliente seu – construtor civil de Cascais (ver peça secundária). Fernando Simões é um dos quatro detidos, sábado, numa operação da Judiciária. A mulher e as filhas estavam ontem em casa, de janelas semifechadas. Paula Reis escusou- se a comentar o caso que envolve o marido, afirmando só que “nenhuma das suspeitas tem fundamento” Prometeu para mais tarde, assim que o marido regresse a casa, “esclarecer o que está para aí a ser dito”. Natural de Pousaflores, em Ansião, o suspeito vive em Alvaiázere desde os 18 anos. É ali advogado há mais de 30. É por essa função que é sobejamente conhecido pela população da pequena vila, mas também pela forte ligação às associações locais (ver caixa). Foi durante mais de dez anos líder da concelhia do Partido Socialista de Alvaiázere e, pelo partido, concorreu três vezes seguidas à câmara municipal, como cabeça-de-lista. Na primeira, no ano de 1997, conseguiu que, pela primeira vez, o PS elegesse um vereador.

Logo depois das eleições de 2009, afastou-se da liderança da concelhia que tem hoje como presidente a sua mulher, Paula Reis. Será ela, acreditam os populares, a sua sucessora na condução dos destinos do PS local. O advogado, detido na PJ, em Lisboa, e que hoje é levado ao tribunal de Cascais, tem quatro filhos, dois rapazes do primeiro casamento e duas meninas do segundo.

Juntou-se a opositor para extorquir cliente

O advogado Fernando Simões ter-se-á aproveitado de um cliente, a quem um grupo exigia 6oo mil euros por causa de uma falsa dívida a outro homem, para conseguir obter lucros através de extorsão. Tudo aconteceu em Dezembro do ano passado, quando a vítima pediu ajuda ao advogado de Alvaiázere, depois de receber constantes ameaças de morte. Aliás, o homem que exigia o pagamento dos milhares de euros, filho de um empresário de construção civil, chegou a usar dois cúmplices na tentativa de rapto da vítima. O homem chegou a estar enfiado dentro do carro à porta da sua empresa – e só foi salvo porque entretanto chegou um funcionário seu. Depois de contratado, o advogado de Leiria encetou contactos com o opositor no processo e terá acabado a pactuar com ele na extorsão da vítima, tendo como objectivo a divisão de lucros. Ainda conseguiram sacar 6o mil euros e a vítima não se apercebeu de nada – até o seu próprio advogado ser preso.

Correio Manhã | segunda-feira, 23 Abril 2012

Artigos Relacionados